O QUE FAZER EM CORTINA D’AMPEZZO

Está pensando em conhecer as belíssimas montanhas das Dolomitas? Pois bem, uma ótima ideia é se hospedar na pitoresca cidade de Cortina D’Ampezzo. Ela faz parte de nosso ROTEIRO DE 7 DIAS NA ITÁLIA, onde dormimos na primeira noite da viagem. Trata-se de uma localidade pequena, pacata e pitoresca. Rodeada pelos cumes mais bonitos do mundo, faz parte do patrimônio da Humanidade (UNESCO).

Inegavelmente, esta é a mais famosa das cidadezinhas ao redor das montanhas, chamada de “A Rainha das Dolomitas”. A região é alvo de muitas competições mundiais de jogos de inverno. Assim como os próximos XXV Jogos Olímpicos de Inverno, que ocorrerão em 2026. E o FIS Copa do Mundo de Snowboard, sediada todos os anos por Cortina.

A vila recebeu uma forte influência das colonizações alemã e austríaca. Assim, você percebe esta influência presente desde a arquitetura até a culinária. Eventualmente, foi cenário de vários filmes, incluindo a trama de James Bond “007 – Somente Para Seus Olhos”. Dessa maneira, o local representa sofisticação e encanta os turistas por suas belezas naturais, dentre florestas, córregos, lagos e montanhas.

Cortina D'ampezzo
Foto de final de Novembro de 2020, no Passo Giau, Dolomitas

ATIVIDADES

As atividades são em geral voltadas para o turismo, presente tanto no inverno quanto no verão. Seja como for, em todas as estações do ano é possível encontrar diversas opções de lazer. Confira abaixo.

Inverno

Cortina D’Ampezzo é referência para a prática de esportes na neve. Entre os meses de novembro a abril, a cor branca enfeita as montanhas que a rodeiam. E assim, alegra os esquiadores e amantes do frio. É no inverno que a cidade fica mais cheia. Por certo, devido aos seus mais de 120 quilômetros de pistas destinadas a esqui e snowboarding. Mas o Cortina D’Ampezzo Ski Resort não é o único deste tipo na região. Ele faz parte de um complexo muito maior chamado de Dolomiti Superski. Por sua vez, o Dolomiti Superski é uma das mais famosas estâncias do mundo. Conta com cerca de 450 teleféricos que ligam 12 estações e 30 snowparks.

Você faz parte do grupo dos “slons” (snow lovers not skiers), e apesar de adorar a neve, não esquia? Pois bem, há muitas outras atividades para desfrutar, como o snowshoeing. Surpreendentemente, é uma modalidade de caminhada na neve que conta com o auxílio de raquetes usadas nos pés que evitam que você afunde na neve fresca. Além de seguros e práticos, são baratos e te proporcionam horas de exercício aeróbico de baixo impacto. 

Assim como muitos outros equipamentos, no centro da cidade você encontra as chamadas “fat bikes” para locar. São bicicletas ideais para andar na neve, com pneus bastante largos. Mas, atenção: ao contrário da atividade anterior, esta exige um bom preparo físico. 

Après Ski

Conhecer os refúgios no alto das montanhas é sempre uma boa ideia. Afinal, uma vista linda e uma comida gostosa deixam o dia de qualquer pessoa melhor, não é? Com efeito, os chamados “après-ski” (após o ski) estão sempre prontos para garantir a diversão dos amantes da neve. É ali onde os esportistas e visitantes se reúnem para tomar uma bebida, comer um petisco e aquecer seus corações. Isso tudo com muita música e alto-astral. Em primeiro lugar, recomendamos o Enoteca, o Belvedere e o Villa Sandi. Em segundo lugar, para uma balada mais animada e que vai até mais tarde, sugerimos o Jambo Disco Club.

Passo Giau
Exemplo de refúgio no Passo Giau, Dolomitas

Verão

Com mais de 500 trilhas catalogadas e 400 quilômetros de percursos, Cortina D’ampezzo é o local perfeito para trekking. Aproveite para conhecer alguns refúgios (locais isolados que oferecem hospedagem, alimentação e serviços) e descansar pelo caminho. Aqui, sugerimos a trilha Gores de Federa, de nível fácil. Este percurso pode ser feito com crianças e conta com lindas paisagens. Mas se você se sentir inseguro para ir às trilhas sozinho, também pode contratar os tours guiados para explorar mais as redondezas. Afinal, opções de caminhada não faltam!

Do mesmo modo, conheça o estádio de gelo, aberto ao público em todas as estações do ano. Você pode assistir a uma competição de hóquei ou curling e praticar patinação no gelo. Pode até mesmo andar de skate em uma pista própria para este fim. 

Por fim, escaladas, passeios de bicicleta e mountain bike são outras opções a serem exploradas quando as temperaturas estão mais quentes. Além dos museus, que podem ser visitados a qualquer época do ano. Se você é um adorador de história, sugerimos conhecer as três opções de museus em Cortina. São eles: Museu de Arte Moderna Mario Romoldi – conta com grande acervo de arte contemporânea; Museu Paleontológico Rinaldo Zardini – apresenta coleção de fósseis e plantas de toda a área das Dolomitas; e Museu Etnográfico, que mostra a história da cidade e suas tradições.

RESTAURANTES

Há inúmeros restaurantes renomados em Cortina. Vários deles ficam nas montanhas e proporcionam vistas deslumbrantes das Dolomitas. Um deles, cuja culinária altamente recomendamos, é o Rifugio Capanna Tondi. Antes de mais nada, o restaurante está localizado no alto do Monte Faloria, acessível pelo elevador Vitelli. Com um terraço e uma vista incríveis, a casa ainda proporciona a experiência de descer a montanha de snowmobile, guiado pelos seus funcionários.

A segunda recomendação é o Tivoli Cortina, premiado com uma estrela Michelin. Neste, o chef Graziano Prest esbanja talento e percepção gustativa. Apesar de não ter o terraço e a paisagem deslumbrante da sugestão anterior (mas ainda assim o lugar é belíssimo), tudo é compensado pelo paladar. Simplesmente incrivel!

Com o intuito de bebericar alguns drinques, vale a visita ao Bar de La Poste, do Hotel de mesmo nome. O lugar é gerenciado atualmente pela sétima geração da família, e já recebeu figuras célebres como Jane Fonda e Elizabeth Taylor.

Cortina D'ampezzo
Em um dos restaurantes do centrinho de Cortina D’ampezzo

HOTÉIS

A oferta de hotéis e hospedagens em Cortina d’Ampezzo é ampla. Isto se deve ao frequente número de turistas que frequentam o espaço. Há alguns hotéis no próprio centrinho da cidade, na Corso Itália, a principal rua do centro. A saber, o Hotel Áquila e o Hotel Montana são boas opções, cujo preços são acessíveis. Também há opções de hotéis mais luxuosos, como o Cristallo Resort e Spa, por exemplo. Mais afastado do centro, porém com mais opções de comodidades e contando com cinco estrelas. E muitas casas estão à disposição para aluguéis curtos através dos sites airbnb e booking.com. Vale a pena dar uma conferida antes de escolher sua hospedagem. 

Eu tive a felicidade de viajar duas vezes para Cortina. E na segunda vez, fui como uma autêntica Italiana, após meu processo de cidadania italiana ter sido concluído. Quer saber QUAIS AS VANTAGENS DE TER CIDADANIA ITALIANA?? Leia nosso artigo e descubra mais.

Está na Itália e quer aproveitar para conhecer as praias paradisíacas de Malta? Separamos em dois artigos dicas incríveis sobre o país. Veja Praias de Malta [Parte 1/2 – Sul] e Praias de Malta [Parte 2/2 – Norte]

Você já conhece a região das Dolomitas ou tem vontade de conhecer? Gostou deste artigo? Deixe-nos um comentário ou dica abaixo e vamos partilhar nossas informações de viagens! Afinal, é o que mais gostamos de fazer.

Comente, pergunte, conte a sua experiência!